sábado, 12 de março de 2011

BRIDESMAIDS!




Sim, eu terei bridesmaids! Para quem não sabe o que isso significa, vou explicar: bridesmaids ou demoiselles vem de uma tradição americana, que consiste em ter damas de honra adultas ao invés de daminhas e pajens. Geralmente as damas são irmãs, primas ou amigas da noiva e elas estão lá para ajudá-la, seja na preparação do casamento e no grande dia. Normalmente as damas são em número par, entrando lado a lado. No caso de número impar, elas entram em fila. Mas isso não significa uma regra.

No meu casamento, serão 4 bridesmaids entrando em fila (da mais baixa a mais alta). Como a minha igreja é grande, posso usar e abusar do comprimentro dela. Já fui dama de honra adulta de uma amigona minha (Cinde) que casou em 2007 e quando ela nos convidou (era eu e mais 5) achei a maior palhaçada e ri muito! Ela bateu o pé e não tínhamos como fugir da nossa obrigação. Com os preparativos (compra do tecido e decisão do modelo) fomos gostando mais da idéia e hoje posso dizer que o que eu senti vendo de perto a minha amiga casar foi uma emoção muito grande! Algo que uma criança não consegue sentir por não saber direito o que está acontecendo e o significado do casamento. Esse é o real motivo de eu ter as minhas bridesmaids, quero que elas se sintam honradas e emocionadas com o nosso amor e com a nossa vontade de estarmos juntos.

No casamento de Cinde optamos de todas as 6 damas vestirem o mesmo modelo e a mesma cor de vestido. Pegamos o modelo frente única porque uma das damas já tinha o vestido pronto comprado em uma loja. O restante dos vestidos seria feito por uma costureira. Mas na hora da compra Cinde não conseguiu tecido suficiente para as 6 e tivemos que comprar mais duas cores diferentes (o tempo estava curto e não tínhamos como ficar correndo atrás de tecido igual). Fizemos longuete já que o casamento era de manhã e bem simples (até a noiva estava de longuete!). As cores escolhidas foram rosa chá, salmon e azul. No dia do casamento tivemos que acordar as 6 hrs da manhã para ir ao salão fazer cabelo e maquiagem. Nos arrumamos no mesmo lugar (não todas) e foi ótimo compartilhar com a noiva essas últimas horas dela de solteira. Não me lembro agora a música que entramos só lembro que estávamos com uma cestinha cheia de pétalas de rosas para ir jogando no chão enquanto caminhávamos para o altar. No meu caso, elas vão entrar com um buquê menor que o meu. E depois de muita conversa, decidimos que todas as 4 entraram com o mesmo modelo e a mesma cor de tecido. Definitivamente achamos que fica bem mais harmônico.

O tecido já está comprado e veio diretamente de Brasília comprado por Cinde. E é claro que não vou dizer a cor, né? Agora só temos que procurar uma costureira boa e barata! Só estou um pouco de medo porque duas de minhas damas não moram aqui em Salvador, uma mora em Brasília e a outra em Porto Velho. Elas terão que fazer o vestido por lá mesmo e o meu medo é que fique muito diferente das que irão fazer aqui. Afinal serão três costureiras de lugares diferentes fazendo um único modelo de vestido. Vamos torcer para que tudo der certo!

Nos próximos posts vou apresentar cada dama e dizer o quanto elas são especiais para mim. E para quem quer saber se vou ter daminhas também, a resposta é sim (assunto pata outro post)!!! Vou postar algumas fotos do casamento de Cinde! Bjs Dani!

A noiva Cinde já no salão com suas damas

Eu

Dama Caroline

Dama Aline

Dama Lorena

As quarto damas já prontas

Foto oficial com as seis damas na igreja.




Um comentário:

  1. Tb tive bridesmaids no meu casamento! No começo, assim como vc, tb tinha minhas duvidas, rs, mas depois, amei demais a ideia e minhas amigas escolhidas adoraram e curtiram muito os preparativos!

    Beijoss

    ResponderExcluir