quinta-feira, 21 de outubro de 2010

A SAGA DO VESTIDO!

Comecei a ver o vestido de noiva. E a única coisa que eu sobre ele é que eu não quero tomara-que-caia! Até agora só fui a duas lojas e, para a minha tristeza, a maioria dos vestidos era o bem dito tomara-que-caia. Uma maneira de driblar este modelo é colocando um bolero de renda (que eu gosto!), mas acho que na festa nenhuma noiva agüenta ficar com ele por causa do calor...aí já era, olha o bem dito de novo!

Várias dúvidas pairam na minha cabeça sobre o vestido. Quanto ao modelo, gosto mais colado ao corpo e embaixo abrindo, mas também gosto da saia com um pouco de volume, já que sou magra acho que pode dar a impressão de estar mais “gordinha”. Gosto de espartilho, deixando as costas à mostra, mas também gosto de decote em “V”. Tem um modelo bem interessante que é o 2 em 1: na cerimônia ele é longo e na festa, para refrescar um pouquinho, ele vira curto, é só tirar a parte de baixo.

Se o modelo do vestido ainda é uma incógnita, imagine o tecido! Adoro renda, acho muito romântico, já o tafetá modelou perfeitamente no meu corpo e ainda o achei bem mais leve do que a renda.

Outra dúvida é: alugar, comprar já pronto ou mandar fazer. Gostaria muito de ter um vestido feito especialmente para mim e para a ocasião. Sei que procurando para alugar vou rodar e rodar, mas vou achar alguma coisa que eu realmente goste. Para comprar pronto, o ideal seria ir para o Rio de Janeiro ou São Paulo, mas isso requer verba para passagem, hospedagem e etc. Sobre mandar fazer, tenho em mãos o contato de 4 costureiras aqui de Salvador. Só vi o trabalho de uma por enquanto, mas não sei nada referente a valor. Se fizer com costureira, o que vou fazer com o vestido depois do casamento? Guardar (onde???)? Vender (sou pequena e magra e por isso tenho medo das lojas não comprarem)??? Oh, que dúvida cruel!

Vamos às lojas:

Loja 01: adorei o atendimento e 2 vestidos. Não são tão baratos, mas estão dentro do meu orçamento.

Loja 02: apesar de ser uma loja conceituada, não gostei do atendimento. Eles me deram vários catálogos com cada vestido lindo para escolher o modelo. Mas isso não significa que a loja tem todos os vestidos. No final das contas, dos 5 modelos que selecionei a loja só tinha um e ainda era bege (imagine, eu já sou bege, com um vestido bege!). Resumindo, não achei nada do que queria e ainda era mais cara.

Bom, a saga continua...enquanto isso, vamos nos inspirar! Bjs!







segunda-feira, 18 de outubro de 2010

EU QUERO ESSA FOTO!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

sábado, 9 de outubro de 2010

MÚSICA CERIMÔNIA!

Mais um fornecedor fechado! Depois de uns 10 orçamentos conseguimos fechar a música da cerimônia, um item que eu acho importantissimo afinal, é ela que vai dar mais emoção na hora do sim. Posso dizer que foi difícil escolher, mas foi muito prazeroso e engraçado! Difícil porque são muitos fornecedores capacitados e com uma diferença de preço muito grande. O mais barato, eu não gostei da qualidade do som, o mais caro eu não posso pagar (rsrsrsrs) então optei pelo meio-termo, que com certeza irá atender às minhas exigências. Engraçado porque, logo quando começei a orçar, os próprios fornecedores diziam para eu ir ver eles cantarem ao vivo na igreja (oi? Ir no casamento de quem eu nunca vi e nem sei os nomes dos noivos para ouvir a música?) O que uma noiva não faz pelo seu casamento, não é? E o que uma mãe não faz pelo casamento de sua filha? Pois bem, lá vamos eu e minha mãe, arrumadas (nada que um pretinho básico não resolva) e com a nossa cara-de-pau para igreja! O pior foi quando eu olhei para o noivo e ele estava chorando, ai eu falei para minha mãe:
Eu - Mãe, o noivo está se acabando de chorar!
Mãe - E eu também!
Eu - KKKKKKKKKKKKKKKKKKK, você tá chorando e nem conhece os noivos?
Ai foi eu que chorei de tanto rir !!!!!








terça-feira, 5 de outubro de 2010

BOLO FECHADO!

Pois bem, minhas férias até que foram bem úteis em relação ao casamento. Consegui fechar o fornecedor do bolo (amo bolo de casamento, pena que nem sempre tenho barriga para comê-lo!) e ainda ganhei uma promoção: vou levar um outro bolinho inteirinho só para mim e o maridinho logo após a festa! É a tal tradição de congelar o bolo e só comer quando completar 01 ano de casados. O problema é resistir até lá...
Para congelar, basta embalar o bolo em filme plástico e para descongelar, primeiro coloca o bolo na geladeira, deixando mais ou menos umas 12h. E em segundo, atacarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr! Bjs!






sexta-feira, 1 de outubro de 2010

INSPIRAÇÃO!