terça-feira, 30 de março de 2010

De volta do Salão de Festas...



Fui no domingo com minha mãe no Salão de Festas da Bahia...muita gente...fila para pegar orçamento...algumas degustações, apresentação musical da Compassos (que eu amo!), desfile de roupas dos noivos (por sinal, tudo igual rsrsr) até que disse: chega! E fui embora...parecia que estava numa gerra! Só consegui pegar 3 orçamentos: um da iluminação da igreja (até achei o cara um pouco desinteressado e ainda por cima me deu um orçamento num papel ofício sem telefone, sem nada), um das flores da igreja (que também deixou a desejar já que ela ficou de me mandar o orçamento ontem e até hoje nada) e o último dos convites (esse depois de esperar uns 10 minutos). Uma atendente de um stand de buffet da feira quase caí dura quando falei que iria me casar na Conceição da Praia e que a recepção iria ser num salão de festas de um prédio (vou fazer um post sobre isso)...tipo: a não, isso não é chique! Quem casa nessa igreja tem que fazer a festa no Trapiche ou no Yacht.
 Acho que existe um pouco de desinteresse em alguns fornecedores quando se fala que o casamento terá apenas um coquetel ou que ele não será numa dessas casas de eventos. Quero acreditar que isso não existe...Por isso decidi que é melhor marcar um horário com o fornecedor, sentar e conversar com calma. E antes de tudo decidir (sem os fornecedores) como será o seu casamento, e não abrir mão do que você quer!

Não que eu não queira do bom e do melhor para o meu casamento....mas tenho uma realidade e tenho que enxerga-la. Beijos a todos!

Um comentário:

  1. ainda me surpreendo com este "maravilhoso" serviço baiano... só que eles estão na feira para vender, né? que absurdo!

    ResponderExcluir